(81) 3631-3485 | prefeitura@timbauba.pe.gov.br


Geografia

Relevo

O município de Timbaúba encontra-se na unidade geoambiental do Planalto da Borborema, com altitude variando entre 650 a 1.000 metros. O relevo é movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Os solos variam com a altitude. Nas Superfícies suave onduladas a onduladas, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, fortemente drenados, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média. Nestas altitudes também ocorrem solos Podzólicos, que são profundos, textura argilosa, e fertilidade natural média a alta. Nas elevacões ocorrem os solos Litólicos, rasos, textura argilosa e fertilidade natural média. Planossolos, medianamente profundos, imperfeitamente drenados, textura média/argilosa, moderadamente ácidos, fertilidade natural alta e problemas de sais surgem nos Nos Vales dos rios e riachos. Verfica-se ainda afloramentos de rochas.

Vegetação

A vegetação nativa é composta por Florestas Subcaducifólica e Caducifólica, típicas do agreste.

Hidrografia

O município de Timbaúba encontra-se inserido nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Goiana.

Rios e riachos do município de Timbaúba que fazem parte da bacia do rio Capibaribe mirim
Margem esquerda: Afluentes: Riacho Mulungú, Rio Tiúma, Riacho Boqueirão, Riacho Lopes ou Laje, Riacho Massaranduba
Margem direita: Afluentes: Riacho Três Pocinhos, Riacho Pindoba, Rio Cruangi Subafluentes: Rio Xixá, Rio Mascarenhas, Riacho Coités

Barragem do Tiúma

Com capacidade de 6.109.159.m³ é formada pelo rio Tiúma cuja nascente é no povoado de Pirauá pertencente ao município de Macaparana. Após a barragem o rio Tiúma deságua no rio Capibaribe Mirim nas imediações da Fazenda Santa Luzia.

Esta barragem é responsável por 80% do abastecimento de água do município de Timbaúba.